.

.

.

.
Recebo-te com flores,
abraço-te em luzes,
entrego-te meus sonhos,
escritos e descritos
em cada frase sentida.

⊰Marcia Mattoso⊱

domingo, 19 de julho de 2009

FRUTO PROIBIDO


FRUTO PROIBIDO

Sou eu...
um fruto proibido,
dividido...
perdido!
Sou o teu único prazer,
um pecado para se perder,
a razão para o teu viver!
Sou o teu inicio,
o teu meio,
mas sem fim...
sou o teu desejado enfim!
Sou a tua insana escuridão
sou um vulto na imensidão...
sou tua abstração...
tua emoção...
sensação!
Sou toda tua...
toda nua...
tua lua!
E não há como fugir
dessa minha febre de sentir...
meu desejo desvairado
de te possuir,
seduzir!

(Marcia Mattoso)

Nenhum comentário:

.

.