.

.

.

.
Recebo-te com flores,
abraço-te em luzes,
entrego-te meus sonhos,
escritos e descritos
em cada frase sentida.

⊰Marcia Mattoso⊱

terça-feira, 4 de agosto de 2009

CHUVA

Chuva fina na caminhada,
passo a passo, passo
na calçada iluminada.
Sinto um braço, num abraço
a me aquecer,
mas ao olhar, nada acho,
não encontro você.
Chuva fina, minha sina
é te buscar,
me defina nesta arte
de amar, desejar.
Chove lá fora,
chove minha alma,
que nunca acalma.
Chove, chuva, chuva, chove.

Marcia Mattoso

Nenhum comentário:

.

.