.

.

.

.
Recebo-te com flores,
abraço-te em luzes,
entrego-te meus sonhos,
escritos e descritos
em cada frase sentida.

⊰Marcia Mattoso⊱

terça-feira, 8 de setembro de 2009

SEM RETORNO


Me sinto caminhar para a frente,
me sinto forte, me sinto flutuar
e, por vezes, voar.
Tranquila e serenamente,
tento pousar e repousar,
mas o mundo parou e nada mudou,
apenas o tempo passou.
O dia a dia nada transformou,
o cotidiano continuou intocável e imutável,
[torpor terrível]
Na mesmice de outrora, o tédio vigora.
Torno a voar, outros céus e sóis
[hei de encontrar]
novos mundos, novos sonhos,
horizontes, nova vida se revela.
Mudou você, mudei eu, ou mudamos nós?
Não mudei, apenas retomei o meu papel,
minha postura, minha história.
Retomei as rédeas da minha vida
sem direito a retorno, ou devolução.

Marcia Mattoso

Nenhum comentário:

.

.